Eaí, como passou o Natal? Espero que bem! Bom, vou falar de um jogo que quase desisti no ano passado (2013) quando comecei a jogá-lo, não sei exatamente o motivo, mas algo não em agradou na época. Porém, resolvi dar uma segunda chance ao jogo e descobri que é um jogo muito bom!

Novamente nas mãos da Criterion, mesma produtora de NFS: Hot Pursuit e Burnout Paradise, este NFS é praticamente uma mistura desse dois jogos!

Lançado em 2012 pela Electronic Arts, NFS: Most Wanted é uma espécie de remake do jogo de mesmo nome lançado em 2005 para PS2, Xbox e Game Cube, cujo eu joguei muito pouco, então não consigo afirmar se existe alguma relação ou se só herdou o nome mesmo.

O jogo se passa na fictícia cidade Fairhaven e você é um corredor de rua ainda desconhecido que tem toda uma cidade para explorar (sim, o jogo é de mundo aberto/sandbox) e sua principal missão é derrotar os dez corredores mais procurados da cidade, e se tornar o Most Wanted (o mais procurado, em português). Porém, você só pode enfrentar cada um desses corredores quando tiver reputação suficiente (Speed Points), ou seja, você terá que ganhar várias corridas antes de enfrentá-los!

Por falar em corridas, elas são eletrizantes, bem ao estilo de Hot Pursuit, onde um simples vacilo te custará a vitória, tornando o jogo mais empolgante (ou não! :P). Há vários tipos de corridas, ou melhor, eventos:

  • Sprint Race - Corridas de um ponto ao outro com ou sem policiais;
  • Circuit Race - Corridas em um circuito pré-determinado, também com ou sem policiais;
  • Ambush - Emboscadas onde você deve despitar os policiais em um tempo determinado;
  • Speed Run - Corridas onde sua velocidade média final deverá ser maior ou igual à velocidade determinada;

Ao todo são 61 eventos diferentes, porém estão distribuídos por carro, que por sua vez, possui 6 eventos em 3 níveis de dificuldade: fácil, médio e difícil. O jogo possui 41 carros diferentes, sendo assim, a maioria dos eventos se repetem de um carro para o outro, mudando apenas o nível de dificuldade, ou seja, alguns eventos são mais difíceis ou mais fáceis com determinado carro. Caso seja a primeira vez que você irá participar do evento (independente do carro), você terá que dirigir até o local determinado, nas próximas vezes, não é necessário, basta selecionar o evento no menu rápido. O que facilita bastante, pois o mapa não é pequeno!

Além dos eventos, o jogo conta com alguns desafios opcionais, herdados de Burnout, que também te darão Speed Points, tais como, destruir outdoors (billboards), quebrar grades de segurança (security gates) e passar em alta velocidade em radares (speed cameras). São passatempo legais, mas se tornam muito chatos quando você quer localizar todos para conquistar os troféus/conquistas, principalmente, as grades de segurança que não são marcadas no mapa.

Carros

Como dito anteriormente, o jogo possui 41 carros diferentes que vão desde um Alfa Romeo 4C Concept até um Koenigsegg Agera R, todos eles licenciados. Logicamente, você não tem todos os carros liberados desde o início, você os encontra em ponto específicos da cidade, chamados de jack spots. Exceto, é claro, pelos dez carros mais procurados, que são só liberados após você derrotar seus pilotos.

Você pode melhorar seu carro conforme você ganha corridas com ele. Essas melhorias vão desde nitro até chassis reforçado. Mas cada melhoria tem seus prós e contras, cabendo a você selecionar o que é viável a cada corrida. Por exemplo, em uma corrida somente na cidade, não é legal usar pneus de off-road.

Além disso, cada melhoria tem uma versão Pro, que é habilitada depois de cumprir certos desafios com ela. Por exemplo, para ganhar a versão Pro do câmbio, você tem que passar por 25 carros da cidade na contra-mão sem bater neles.

Jogabilidade

Pilotar os carros não tem muito segredo, pois a jogabilidade, apesar dos seus detalhes, não é nada realista, garantindo assim, muita diversão ao fazer curvas a mais de 200 km/h deslizando de lado (drift).

Áudiovisual

Os gráficos continuam no mesmo padrão de qualidade (ou até melhor) desde o Hot Pursuit, ou seja, ótimos! Mas o destaque, como é de praxe da série, é a trilha sonora e esta, tá bem caprichada e empolgante, onde o ritmo é aumentado em momentos que você está correndo um risco maior, como andar na contra-mão, por exemplo! :)

Multiplayer e o Autolog

O multiplayer é bem legal e funciona da seguinte maneira: você entra em uma série de eventos com diversos jogadores, cada evento é liberado em um ponto específico da cidade, se você chegar primeiro no ponto, você já ganha mais pontos, aí quando todos chegam, a corrida começa! No final da série, vence quem tiver mais pontos. Lembrando, que takedowns também te dá pontos! :P

Mas o grande barato do jogo é o sistema Autolog que registra seus recordes, mesmo no single player, e compara com os dos seus amigos. Se você é um cara competitivo, não irá querer ficar atrás dos seus amigos, né? :D

Troféus

Para os caçadores de troféus, Most Wanted não é difícil de conseguir a platina, no meu caso, os troféus mais chatos foram o Nothing Personal e o Mix Master, que dependiam de um amigo para ganhá-los e como o jogo já é um pouquinho antigo, não tinha nenhum jogando no momento, então tive que recorrer aos boosts do site MyPST! É por isso que não gosto de troféus online! :P

Tirando os onlines, que são apenas quatro, o mais chatinho é o Second is Nothing, onde você tem que chegar em primeiro em todos os eventos, ou seja, você tem que ganhar as 61 corridas!

Resumindo

O jogo é excelente! Recomendo para os fãs de um bom jogo de corrida arcade, onde não exige que o jogador tenha que se preocupar em ajustar ou até mesmo pilotar o carro com precisão. O jogo é muito divertido e empolgante, a Criterion acertou mais uma vez!

Need for Speed: Most Wanted

PlayStation 3


Desenvolvido por: Criterion
Publicado por: Electronic Arts
Data de Lançamento: 2012
Gênero: Corrida (Arcade)

4

Finalizado em: 17 de Novembro de 2014