“Pecado Gamístico” é um “termo” usado, entre alguns blogueiros, para classificar jogos que são considerados bons, e que deveriam estar no “currículo” de qualquer jogador. Mas que por algum motivo, ainda não foi jogado ou terminado, ou seja, é uma espécie de jogos que deveríamos jogar antes de morrer!

Lá em 1900 e bolinha, eu escrevi sobre meus pecados dos videogames da sétima geração, desta vez, selecionei dez jogos da sexta geração que eu quero colocar em meu “currículo”.

Bom, para quem não sabe, a sexta geração, também conhecida como geração 128-bit, dos videogames é formada pelos seguintes consoles: Dreamcast (Sega), PlayStation 2 (Sony), Game Cube (Nintendo) e o Xbox (Microsoft). Esta geração teve vários marcos na história! Uma delas foi a estréia da Microsoft, e a outra foi a triste despedida da Sega na fabricação de consoles.

Durante esta geração, eu tive somente o PS2 “tijolão”, cujo foi adquirido usado em 2005, este foi meu último console adquirido com a ajuda integral dos meus pais. E o principal argumento que, eu e meu irmão, usamos para convencer nossa mãe foi que daria para assistir filmes em DVD nele! Entretanto, ele nunca foi usado para esta finalidade! ^^

Depois que comecei a colecionar, comprei um Game Cube em 2012. E recentemente, tive uma oportunidade muito boa para completar a geração, e comprei um Dreamcast e um Xbox clássico! :)

Bom, sendo assim, minha lista de jogos para jogar está cada vez maior, selecionei os dez que mais tenho vontade, confira:

10. Tomb Raider: The Angel of Darkness (PS2)

Mas você não disse que essa lista seria de jogos bons? Tá, The Angel of Darkness não é nem de longe o melhor jogo da série, aliás, muito pelo contrário, é considerado o PIOR e quase matou a franquia! Mas eu, como fã da série, me sinto na obrigação de jogá-lo até o final, exatamente por estes motivos! E pretendo fazer isso em breve, me deseje sorte! ^^’

9. Série Sonic Aventure (DC)

Minha primeira revista de videogame foi uma Ação Games de 1999, cujo tinha o Sonic segurando um Dreamcast estampado na capa. Era lançamento do console e desde aquela época que tenho a curiosidade de jogá-lo. O console por si só já é um grande pecado gamístico meu, sendo assim, conheço muito pouco do último videogame da Sega. Mas do pouco que conheço e tenho vontade de jogar é o Sonic Adventure.

Obs.: Aceito indicações de jogos para Dreamcast! :)

8. Série The Legend of Zelda (GC)

Acredito que a série The Legend of Zelda estará presente em todos os posts da série “Pecados Gamísticos”, pois tenho vontade de jogar TODOS! E no Game Cube temos The Wind Waker e Twilight Princess.

7. Super Mario Sunshine (GC)

Apesar de ouvir muita gente dizer que não é bom, eu joguei um pouco, gostei e pretendo jogar até o final. Super Mario Sunshine para alguns foi meio que uma recaída da série por não apresentar muitas inovações, mas acho que foi meio “birra” por não ter sido lançado junto com o lançamento do console, pois foi muito bem recebido pela crítica especializada.

6. Resident Evil Zero e Resident Evil (remake) (GC)

Desde que tomei conhecimento do remake para Game Cube do primeiro Resident Evil, eu tenho a curiosidade de jogá-lo! Hoje, eu queria rejogar desde o primeiro no PS1 para ter mais base e critérios de comparação, e depois que jogar este remake do GC, queria jogar o remake HD recém lançado para PS3, Xbox 360 e cia!

Bom, ano passado eu terminei a campanha da Jill no PS1, e recentemente terminei a do Chris (pela primeira vez na vida), ou seja, não tenho mais desculpas! Bora jogar! ^^

E como se não bastasse o remake, a Capcom também lançou o RE: Zero exclusivamente para GC, e deixou muitos donos de PS2 “putos” (eu, por exemplo)! xD

5. God of War II (PS2)

Mas quem precisa de Resident Evil se temos God of War? Essa era, acredito, uma boa resposta dos donos de PS2 na época. Mas como eu sou um pecador, ainda não terminei o segundo, ou seja, não terminei o que é considerado o melhor da série! Que vergonha! :(

4. Luigi’s Mansion (GC)

GC dominando a lista! Luigi’s Mansion é um jogo que só pelo fato de não ser o Mario como protagonista já me deixa com muita curiosidade de jogá-lo! ^^

3. Série Kingdom Hearts (PS2)

Jogos de RPG não é o meu gênero favorito, pois exigem muito tempo de dedicação (e as batalhas aleatórias de alguns me irritam). Sendo assim, eu sempre acabo enrolando para começar, e até acabo deixando passar!

Mas alguns jogos me chamam a atenção a ponto de ficar com vontade de jogar, Kingdom Hearts é um deles, lembro de ter jogado um pouco e ter gostado bastante na época. Não lembro porque não cheguei no final!

2. Série Shenmue (DC / Xbox)

Este é considerado por muitos, um dos melhores jogos do DC, e para falar a verdade, não conheço muito sobre a história da série, e nem quero para não ter spoilers, mas sei que o jogo teve muitas inovações que mudaram a indústria, só por este fato, tenho que colocar este jogo no “currículo”! :P

1. Série Silent Hill (PS2 / Xbox)

E para finalizar, acredito que o maior pecado desta geração, foi de eu não ter jogado a série Silent Hill, que começa com SH 2 (o primeiro SH saiu para PS1, e este eu zerei! ^^), considerado o melhor da série. Mas temos ainda SH 3, SH 4: The Room, SH: Origins (este eu terminei no PSP) e o SH: Shattered Memories que é uma releitura do primeiro SH.

Não sei se todos são bons, mas pelo menos, o SH 2 e 3 eu quero jogar! De preferência, no Xbox ou PS2 mesmo, e não na versão remasterizada que saiu para PS3 e X360 (talvez, pelos troféus? Não.. Não.. xD).

Menções Honrosas

Dark Cloud (PS2), Ikaruga (DC / GC), Dino Crisis 3 (Xbox), The Mark of Kri (PS2), Shinobi (PS2), Chronicles of Riddick (Xbox), Power Stone (DC), Eternal Darkness (GC), Jet Grind Radio (DC) e Conker Live & Reloaded (Xbox).


E você? Quais são seus pecados gamísticos desta geração? Comente! ;)

Gostou? Assine nossa Newsletter e receba os próximos posts por e-mail!

Delivered by FeedBurner